Como em qualquer outra modalidade, na dança de salão existem diferentes categorias, segundo o nível e a idade dos participantes. A principal divisão é feita entre profissional e mador. O primeiro participa em apenas um grupo, sem diferença de idade ou nível. O grupo dos amadores é subdividido em outras catogorias.

A Federação Internacional de Dança Esportiva (Internacional Dance Sport Federation) é o órgão responsável pelas regras da dança de competição e, em função dos seus critérios, as federações nacionais estabelecem suas próprias regras.

Existem dois tipos de encontro: os campeonatos e as competições avalioadas por pontos. Um campeonato não pode receber tal denominação sem a aprovação da federação nacional, e apenas seus vencedores recebem o título de campeão. O local de realização do evento deve ser especificado no título. Um campeonato é considerado aberto quando são admitidos dançarinos de outras localidades, e quando é restrito aos dançarinos de um local, é chamado fechado. Os campeonatos podem englobar todas as especialidades ou combinar a standard e a latina a uma determinada categoria de dançarinos – amadores e profissionais: S,A,C,D e E.

O título do campeonato deve apresentar: a especialidade, a área territorial (quando for de caráter fechado), a área de admissão (no caso de aberto); caso não esteja especificado, entende-se que é aberto a todos, o grupo – se não for especificado, trata-se de um grupo adulto – , e o ano de realização. Por exemplo: Campeonato da França de Danças Latinas de 2001 ou Campeonato de Dez Danças Youth de Aquitania de 2000.

As competições avaliadas por pontos estabelecem divisões dentro de cada categoria e permitem a promoção de um dançarino à categorias superiores. Uma competição não poderá ser avaliada por um sistema de pontuação sem a aprovação da federação nacional. Uma comissão de competição será responsável pelo registro do casal e seus resultados, contendo todas as pontuações e as posições alcançadas nos diferentes diferentes encontros; tanto na fase final como nas f eliminatórias.

É proibida em todas as danças, grupos e categorias, a execução de lifts ( movimento no qual um dos dançarinos mantém simultâneamente ambos os pés sem tocar o chão durante mais de umtempo do compasso graças ao apopio do par). Nas competições limitadas às categorias D e E, é obrigatório o uso de um vestuário simples, sem nenhum tipo de adorno – jóias, franjas ´, etc. – e os tecidos transparentes ou brilhantes são proibidos. O dançarino deve usar calça comprida, camisa e gravata ou um laço e, se desejar um colete.

Nas danças standard, a camisa deve ser branca, e nas latinas branca ou preta sem combinar as duas cores. As outras peças de roupa e complementos devem ser preto ou em tom escuro. O vestuário feminino é composto de uma saia com uma blusa ou um vestido de apenas uma cor.

A competição será coordenada por um diretor de competição que terá como ajudante um secretário de competição e uma equipe de apuração. O diretor de competição é responsável, entre outras coisas, pelo cumprimento da norma que padroniza as roupas dos participantes, pela música que deve ter velocidade e duração estipuladas, pela decisão de distribuição dos casais nas diferentes séries em cada eliminatória -com exceção da final, onde nem todos dançam ao mesmo tempo – e anunciar os casais eliminados por algum juiz, assim como notificar tais acontecimentos aos outros jurados.

Agrupamentos por idade

Os casais são classificados de acordo com idade, nos seguintes grupos:

  • Juvenil I : Dançarinos até 9 anos de idade
  • Juvenil II : Dançarinos entre 10 e 11 anos de idade.
  • Júnior I : Dançarinos entre 12 e 13 anos de idade.
  • Júnior II : Dançarinos entre 14 e 15 anos de idade.
  • Youth : Dançarinos entre 16 e 18 anos de idade.
  • Adulto I : Dançarinos entre 19 e 24 anos de idade.
  • Adulto II : Dançarinos entre 25 e 34 anos de idade.
  • Senior I : Dançarinos entre 35 e 44 anos de idade.
  • Senior II : Dançarinos com idade superior aos 45 anos.

Especialidades e categorias

As danças esportivas possuem as seguintes especialidades:

• Danças standard: valsa inglesa, tang o, valsa vienense, slow fox e quickstep.

• Danças latinas: chá-chá-chá, samba, rumba, pasodoble e jive.

• Dez danças: standard e latina.

• Danças de formação: standard e latina.

• Em cada especialidade ou cobinação especializada, os dançarinos são classificados respeitando uma escal de categorias, classificadas de superior a inferior: S,A,D,C,D

• Em todas as especialidades, a categoria que possui um casal é considerada a mais alta. Um dançarino pode ter diferentes categorias para cada dança, e por isso, as especialidades são misturadas. A categoria do casal será definida de acordo com seu nível

• Cada grupo de idade possui as seguintes categorias:

  • Juvenil I : E, D
  • Juvenil II : E, D
  • Júnior I: E, D, C
  • Júnior II: E, D, C, B
  • Youth: E, D, C, B, A
  • AdultoI: E, D, C, B, A, S
  • Adulto II: E, D, C, B, A, S
  • Senior I: E, D, C, B, A
  • Senior II: E, D, C, B

•O (a) competidor(a) iniciante possui a categoria E.